Você atrai o que transmite!

Dizem por aí que a vida é um eco, e que quando não se está satisfeito com o que está recebendo deve-se prestar atenção no que está sendo transmitido. Você já parou para pensar na veracidade dessa afirmação? Quando você muda seus hábitos, quando você sacode a poeira e presta atenção, vem à confirmação: Você atrai o que transmite!

Às vezes consideramos alguns acontecimentos como acasos da vida ou questão de sorte, mas o que de bom lhe acontece (e de ruim também) tem a ver com o modo que você encara a vida. Certas coisas que acontecem, nos fazem ficar de bem com a vida e de bem consigo mesmo, contudo, a partir dos fatos ruins que não se pode controlar, coisas boas também podem acontecer.

Quando você menos espera pode conhecer pessoas tão especiais a ponto de não imaginar sua vida sem elas, assim como também pode perdê-las. A vida é uma caixinha de surpresa, ela não lhe permite pensar duas vezes sobre as oportunidades que aparecem no seu caminho, oportunidades essas que tem origem nas suas escolhas até aquele momento.

A vida nada tem a ver com o acaso, com o destino, quem nunca se pegou fazendo jogo de sorte para suas decisões, jogando a responsabilidade da sua escolha em cima de “se isso acontecer é um sinal para isso ou para aquilo”?

Eu diria que a maior perda de tempo que podemos cometer, e que com certeza no futuro iremos nos arrepender é de não ter aproveitado intensamente todos os momentos, de não ter feito claramente nossas escolhas por medo, medo de transmitir e receber aquilo que se merece, medo de se expor, medo de viver!

A vida, até que se prove o contrário, é uma só. Então qual vai ser meu caro? O que vai fazer agora? O tempo está passando, e você já parou para pensar no que está transmitindo para o mundo? Vale concluir lembrando um bom e velho clichê: “Seja o tipo de pessoa que você gostaria de conhecer”

Leia também: Ser ou ter?

Comentários

Comentários

Tags from the story
, ,
More from Naiara Floriano

Arrisque-se!

Sempre que a vida nos surpreende, tendemos a pensar racionalmente sobre o...
Read More