Vida tão incerta!

O que fazer, quando em um dado momento da vida percebe-se em conflito com o próprio querer e não querer? Que caminho seguir diante de uma vida tão incerta que pode findar a qualquer momento? E quando experiências passadas impedem de entregar-se plenamente as sensações da vida, por medo do que as coisas podem se tornar, por medo de alimentar falsas expectativas, por medo de se decepcionar, por medo sabe-se lá de que.

shutterstock_56721274

Medo, medo, medo, expectativas, decepções… Percebo-me cercada dessas palavras há um tempo. Você não entende, eu sei. Admiro a sua capacidade de se jogar e ver no que vai dar, por que acredite, eu era assim, mas acho que de tanto se jogar de cabeça em pessoas rasas, quem se tornou a parte rasa nessa história fui eu, é uma defesa que se cria com o passar dos danos, constatei.

Não tenho estrutura para aguentar em cima de mim o peso de expectativas alheias, mas em consequência ganho o triste peso de aguentar as decepções que tenho causado. E tudo o mais permanece cerceado pelo medo: medo de se envolver, medo de mal ter alçado voo e acabar com as asas cortadas, por que agora estou no momento de viver a vida da qual por muito tempo me privei.

shutterstock_311525225

Por baixo dessa defesa há uma menina delicada, carinhosa, romântica e que ainda acredita que existe a pessoa certa, que com um pequeno esforço poderia até acreditar em príncipe encantado também. Mas é que são momentos, e neste momento a garota frágil não teve escolha além de deixar a mulher racional assumir as rédeas e seguir em frente, abrir caminhos para amizades há tanto tempo perdidas, e para novas amizades maravilhosas que possam surgir (e surgiram!).

Um lado meu adora estar próximo às pessoas, mas outra parte de mim não suporta a sensação de estar presa, de perder o controle sobre o seu próprio caminho, e, portanto, prefere não dar brecha para não se comprometer. Não é por mal, é um momento, é uma fase, e eu acredito que o tempo seja sempre o melhor remédio. Nada é para sempre, e este momento há de passar também. Uma hora o medo vai embora e o querer e o sentir, o querer sentir ira se encontrar e as coisas vão se acertar.

shutterstock_207378523-2

Tudo está meio sem graça, as coisas não fazem muito sentido, mas isso também uma hora irá se ajeitar. O que conforta é saber que dentro desse meu pequeno caos particular, os que permanecem ao meu lado estarão por aqui sempre, e são nestes pequenos caos que ocorrem em nossas vidas, que encontramos pessoas maravilhosas dispostas a permanecer lado a lado apesar de tudo, e é pela existência desses anjos que sou grata a Deus todos os dias.

 

Leia também: Relacionamentos Tóxicos.

Leia também: Livre-se dos rótulos!

Comentários

Comentários

More from Naiara Floriano

Devaneios

            Tá vendo aquela poça de água...
Read More