Ser ou ter?

            Estamos acostumados a viver em um mundo de aparências, onde o que tem valor na maioria das vezes é o ter e não o ser. Eu diria que ser você mesmo exige muita coragem onde ter é o que realmente importa. E para você o que vale?

            Ter beleza, ter carro, ter moto, ter dinheiro, ter… E parece que cada vez mais é isso que se busca nas pessoas. O mais interessante, que salta aos olhos é possuir alguma coisa, e ganha quem tem mais. O choque surge quando aparece alguém que simplesmente é e que busca alguém, que seja alguém para além daquilo que tem.

            Você pode ter um carro, dinheiro, beleza, mas aquilo que você tem você pode perder, e é triste que permita que isso defina você. Em contrapartida o que você é, estará com você ainda que você não queira ou não se orgulhe, e é pelo que se é que você será lembrado no final das contas.

            Não, isso não é uma crítica para as pessoas que possuem vários bens, se você tem, que bom! Foi resultado de muito trabalho e esforço, reitero o ponto crítico: quando o que você tem é o que te move no âmbito social, algo está errado. Não necessariamente com você, mas talvez com o que (e quem) te cerca.

            Preserve sua essência, busque conhecer a si mesmo, seus limites, suas qualidades e também seus defeitos, trace objetivos pessoais e lute por eles, tire um tempo para você, e não deixe que o dia termine sem soltar um sorriso daqueles que vai de orelha a orelha.

            Elimine da sua vida coisas e pessoas que te fazem mal e coloque mais perto aquilo e aqueles que te fazem bem, e que querem o seu bem. Por que em algum momento você vai perceber que o que realmente importa, e o que realmente tem valor na vida são as pessoas que estão ao seu lado por que simplesmente querem estar, e principalmente: fazem de tudo para estar ao seu lado em todos os momentos!

 

Leia também: Aquela amiga.

Comentários

Comentários

Tags from the story
, , , ,
More from Naiara Floriano

Como me reencontrar?

De repente, o tempo começou a passar rápido demais, o relógio está...
Read More