Quando sentimos demais

Parece que todas as críticas e indiretas do mundo estão voltadas para você. Se uma pessoa está de mau humor, você já se pergunta o que tem feito de errado ultimamente. A sensação de nunca ser boa o bastante te invade, dia após dia. Sempre em uma busca desenfreada de melhorar tudo – e sabe-se lá o que é esse tudo, afinal!

Qualquer palavra meio torta ou mal expressada já é motivo o suficiente para brotar lágrimas em seus olhos… da alma. Talvez você até lute diariamente para não demonstrar o quanto sente-se fragilizada em relação aos outros, mas, enquanto isso, sua alma sangra de dor por nunca se sentir completa consigo mesma.

A necessidade de agradar a todos e colocá-los acima de si mesma cresce diariamente. Embora seu corpo demonstre uma exaustão quanto a isso, você simplesmente não consegue largar este vício. Um vício doentio, que te consome. É como que se você fizer outros felizes já basta, afinal, seria egoísmo pensar em si mesmo, não?

Dessa forma, vai se esquecendo aos pouquinhos daquilo que te faz bem, sempre em função alheia. E sabe o que é pior? Quando você “falha” nessa tentativa de agradar o tempo todo, as pessoas demonstram insatisfação, e aí o que acontece? Você sofre de novo, sente muito.

Acredito que esteja mais do que na hora de consertar isso aí, de equilibrar um pouco. Você não precisa viver o tempo todo esperando que as pessoas jamais se chateiem com você, afinal, se elas te chateiam simplesmente por não gostarem de algo que você fez, porque se chatear, quando as chateia?

Ninguém nunca conseguiu ser plenamente aceito (nem Jesus, óh céus!), por que diabos você seria? E mesmo que fosse, do que adianta se a pessoa mais importante do seu mundo está sempre sentindo a flor da pele todos os sentimentos e ainda, sofrendo por todos eles? No caso, você mesma.

Está na hora de levantar a cabeça e começar a perceber que você é boa sim, e ainda > não precisa provar isso à ninguém! Também, talvez esteja na hora de parar de “sentir muito” por todas as coisas. Proteja-se! Ninguém tem o direito de despertar seus sentimentos dessa forma, fazendo com que eles floresçam tão profundamente a ponto de você sofrer MUITO com isso.

Aprenda: você é boa e a maioria dos problemas nem são culpa sua. Muitas vezes, as pessoas descontam em você algo que não tem nada a ver com o relacionamento de vocês dois. Pare de sugar tudo ao seu redor! Pare de se culpar por problemas alheios! Pare de buscar agradar a todos! Pare de se deixar de lado! Pare de absorver apenas as coisas ruins e sofrer por isso! Pare de gostar de sentir dor.

Está na hora de deixar uma vida tão exposta para trás, as pessoas arrancam de ti os mais puros sentimentos e, na maioria das vezes, não têm a intenção de retribuí-los. E sabe de uma coisa? Quando sentimos demais, pensamos de menos.

Comentários

Comentários

Tags from the story
,
Written By
More from Camila

Especial dia do Psicólogo

Primeiramente gostaria de desejar um maravilhoso e feliz dia do Psicólogo para...
Read More

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *