Cabelo colorido – o que você precisa saber antes de pintar

Quem nunca se sentiu tentado a mudar a cor do cabelo? Mas sempre surgem dúvidas quanto aos cuidados antes de pintar o cabelo colorido. Por isso, é importante dar uma boa pesquisada e avaliada em tudo, desde a marca, o profissional, sua disponibilidade financeira e até a de tempo.

Confira a seguir um guia rápido, para você que está pensando em mudar a cor das madeixas e partir para o universo do cabelo colorido.

Leia mais: Queda de cabelo? Veja essas dicas para tratar em casa.

Cabelo colorido – o que você precisa saber antes de pintar

Conheça o seu cabelo – e prepare-o

Sim, é de extrema importância que você conheça bem o seu cabelo. Por isso, é importante você ter uma relação “bem próxima” com as sua madeixas. Precisas descobrir a qualidade do fio, se ele está preparado para receber uma carga de química muito forte – uma vez que a tintura pode acabar destruindo os fios.

Se você é uma daquelas pessoas que não costuma seguir um cronograma capilar, com hidratação, nutrição e reconstrução, talvez os seus fios estejam danificados, e a aplicação da tintura só vá piorar a situação.

Resumindo: é interessante que você conheça bem a situação do seu cabelo e trabalhe em cima disso, preparando-o. Um mês de cuidados, com hidratações semanais, reconstruções quinzenais e nutrições a cada 8 dias já prepara para a aquisição da nova cor.

Após prepará-lo, é hora de por na balança

Agora chega um dos momentos mais importantes do processo: colocar na balança tudo que está envolvido no ato de pintar os fios. Isso inclui, investimento, profissional e disponibilidade sua de tempo. Começando pelo investimento, temos que ser francas no valor em dinheiro que você está disposta a pagar para mudar de cor.

Não adianta optar pelo mais barato! Pois sabemos que, o barato sempre pode sair mais caro. Uma vez que os produtos /profissionais não sejam os ideais para o seu tipo de fio, podendo desencadear a perda e a quebra capilar. Por isso, pesquise bem antes e procure recomendações do salão/profissional que você pretende pagar! E do quanto você está disposta a investir para o tingimento e para a manutenção.

Quanto a disponibilidade de tempo, você deve levar em consideração quanto você poderá se dedicar aos cuidados que um cabelo tingido precisa ter. Aqui, voltamos ao primeiro item, onde será indispensável conhecer o cabelo e seguir um cronograma de cuidados rigoroso. E aí, você está disposta a dedicar um razoável tempo para seu cabelo colorido?

Na hora de tingir

Após os passos anteriores serem seguidos com sucesso, surge mais uma dúvida: a cor. Sim, porque pintar o cabelo colorido requer uma pesquisa imensa de cores.

Você precisa levar em consideração aquilo que mais combina com você, e eu não digo isso no sentido de “nossa, essa cor valoriza sua covinha”, mas sim, no sentido do que a cor falará sobre você. Ou seja, não adianta seguir aquela última moda se você nem se quer gosta de amarelo, certo?

Opte por uma cor que você ama e que fale muito sobre você. Uma cor que seja sua marca, que transpareça interesses seus e que mostre o quanto você consegue bancar algo que quer!

Tenha paciência

Esse é outro fator importante, principalmente para quem tem cabelos escuros. Não adianta sair desapontada do salão se, no primeiro tingimento, o seu negro não ficou amarelo cor do girassol. Até porque, se ficasse, seu cabelo estaria destruído.

Tenha em mente que o processo é lento, o tingimento irá acontecer gradativamente e que você precisa fazer isso de uma maneira moderada… E não sair pintando toda semana! Porque, claro, seus cabelos não suportariam tamanha façanha.

Levando em consideração esses fragmentos, garanto que sua vida com cabelo colorido será longa e feliz! Se joga!

Comentários

Comentários

Written By
More from Camila

9 tutoriais de penteados super fáceis

Para quem tem cabelos longos e ama penteados vai adorar as dicas...
Read More