Avessos

O que seria de mim  sem esses  avessos? Esses pensamentos rasgados dentro da minha cabeça. Pensamentos que ainda não descobri para que serve, da onde veio, e onde querem chegar.

Quem seria eu se não fosse essas incertezas que encontro no meio do meu percurso de vida?Esses avessos que me fazem refletir sobre a vida.

Quem seria eu, se não fossem os erros cometidos no passado quando pensava que já tinha me encontrado em algum lugar, no meio de um grupo ideal, de gostos iguais, avessos iguais.

Eis que hoje, aos meus vinte e tantos anos, algo de meu avesso grita, me envolve e me desafia a querer mais e mais.

O mais, da onde? Onde eu vou, onde estou?Onde quero ir?

Me vejo sozinha, e ao mesmo tempo acompanhada. Encontro refúgio, encontro abrigo onde eu nem imaginava que pudesse existir. É algo incrível, inexplicável, como se tivesse sempre acompanhada de alguém, algo/alguém que não vejo, mais sinto dentro de mim. Um sentimento que acalma, que fala nos momentos que estou envolvida em em meus  próprios silêncios e vazios.

Esses momentos (apesar de raros) que sopram para meus solenes pensamentos sobre a vida, são os momentos que  fazem me encontrar.

Assim vou eu, traçando meus caminhos, em meios às cordas (às vezes bambas), que me levam ao encontro de minha imagem ideal. Como posso me sentir só, e ao mesmo tempo acompanhada?Como posso me sentir desamada e ao mesmo tempo tão amada?

E esses devaneios fazem parte de mim, tento acertar e acabo em erros, me escrevo de novo e de novo, e por várias vezes me dou conta que parte daquela garota se foi. Parte de mim, morreu, se foi, escafedeu-se com as expectativas criadas pela minha mente barulhenta.

Hoje e quem sabe amanhã, quero me reinventar, me encontrar. Quero correr em busca do meu lugar, daquele lugar.

Seja como for esse meu lugar, só quero estar, onde ventar!

Comentários

Comentários

Tags from the story
,
Written By
More from Letícia Maria

Filme: A Estranha Vida de Timothy Green

[caption id="attachment_1669" align="aligncenter" width="420"] Fonte: Adorocinema.com[/caption] Fascinante e sensível. É o que...
Read More